du Contra: Aventura nas cavernas dos anões - PARTE 3

terça-feira, 6 de dezembro de 2005

Aventura nas cavernas dos anões - PARTE 3

No dia seguinte da captura de Lord Yank, ainda sem saber de nada, claro, fui treinar, como faço sempre, minha vila não tinha sido saqueada. Foi quando eu achei algumas tochas espalhadas pelo chão, com a marca da cidade grande no canto direito, um 'T' pequeno, em dourado. As tochas estavam na entrada da primeira caverna, próximas do buraco principal.

Achei estranho, mas prossegui, até achar um grupo pequeno de anões pouco equipados, fiquei só prestando atenção na conversa: "Ha ha! Há muitos anos que queremos isso... Um humano! Um humano preso conosco! Agora aquela raça vai ter o que merece..."

Desespero bateu em meu peito, se o exército dos humanos ficasse sabendo, uma guerra horrível poderia começar, e sangue era o que menos queria ver naquele momento da minha vida. Três quartos dos meus parentes tinham morrido na última invasão de Orcs, mesmo com a gente conseguindo contê-los.

Então, rapidamente, comecei a tomar rumo de volta para pedir ajuda, mas decidido em não espalhar muito as notícias, o exército tinha poder o suficiente para devastar aquele local. Foi quando, no caminho de volta, encontrei um antigo amigo, Lord Ownz, arqueiro dos bons. Por coincidência ele me perguntou de um tal de Lord Yank, sumido, fazia dois dias que não aparecia, depois de vir caçar por esses lados.

Contei das tochas com as marcas e de tudo o que tinha ouvido, então pediu para eu ir conseguir provisões na minha cidade, enquanto ele voltava avisar os parentes de Yank e, quem sabe, conseguir mais alguém para ajudar no resgate, quanto menos pessoas era melhor, mas somente em dois era arriscado.

No mesmo dia estávamos de volta, na entrada da caverna. Levei alguns peixes e runas mágicas de cura, presente de uma grande amiga druída, Kigij, junto com tochas o suficiente para uma semana de escuridão.

Lord Ownz vinha junto com um amigo mago de sua confiança, Sir Wolf, que parecia munido de bastante runas de ataque, e outras que estavam prontas para serem marcadas com a magia que fosse de nossa necessidade.

Entramos e logo percebi que as tochas realmente tinham sido um exagero. Uma luz muito intensa saía do mago, transformando a noite em dia, bem diferente da luz que Lord Yank emitiu tempo atrás.

postado por Zeca Daidone - 17:59 -

7 Comentários:

Anonymous dani:

Oieee Zeca =PpP
Mt rox!!
"No mesmo dia estávamos de volta, na entrada da caverna. Levei alguns peixes e runas mágicas de cura, presente de uma grande amiga druída, Kigij, junto com tochas o suficiente para uma semana de escuridão."
Uia, eu ali =')
~Hail Kigij~ ;)
Estou esperando por mais um capitulo de: Aventura nas cavernas dos anões.
Bjks
=*

dezembro 06, 2005 7:58 PM

 
Anonymous Dark:

heusHE..
tah fikando foda!. =]

principalmente quando tem um foda na historia "SIR WOLF" conhecido tbm como Darkwolf para os mais intimos!. xDDDD

vlw cluster!

dezembro 07, 2005 3:02 AM

 
Anonymous Menel:

mauiehiauehauiehaiueh
tah ficando phoda!!
xD
v c capricha na proxima
=)

dezembro 07, 2005 3:47 PM

 
Anonymous tonto:

Lord ownz eh o mais gostosao...
com certeza
teh marcio

dezembro 07, 2005 7:00 PM

 
Anonymous Felipe:

Oi Clu..gostei da historia, bem elaborada se podia escreve um livro sobre isso e a invasao dos orc e a guerra contra os humanos,ae nois podia faze um filme...desculpe exagerei um pokin mais ta mt loka a historia....
flw...=D

dezembro 07, 2005 7:02 PM

 
Anonymous cav:

a proxima historia:
-baseado em fatos reais-
lord yank acorda pelado com uma puta de uma ressaca numa pequena ilha de gelo morrendo de frio procura abrigo,encontra um urso polar que logo ataca-o ele nao consegue resistir e acaba cedendo a morte.
Algumas horas depois reacorda em uma especie de templo.
Desesperado e assustado ele sai daquele lugar a procura de explicações.
Ao sair recebe ameaças de morte de um dos melhores guerreiros do reinado que se auto denomina Hooligan ops...Que poe sua cabeça a premio.

dezembro 07, 2005 9:07 PM

 
Blogger Cluster:

Felipe, exagerou? Onde?

cav, escreve a tua aventura...

dezembro 07, 2005 10:15 PM

 

Postar um comentário

<< Home

o que era pra ser?

Blog feito para expressar opiniões que eram para ir contra a maioria da sociedade, mas acabam sem expressividade e não expressam nada com expressão mesmo. Então o objetivo é propagar informações e/ou qualquer coisa que talvez não sejam muito informativas, mas o principal e quem sabe até real motivo é servir como uma válvula de escape de uma criatividade extremamente fértil, que infelizmente de vez em quando não é bem direcionada. Por enquanto.

quem acho que sou?

cluster / josé a. daidone neto

Estudante de Engenharia de Computação na UFSCar, 22 anos de idade, inquieto quando era para ficar quieto e quieto quando era para inquietar-se, tenta estar animado mesmo diante dos piores cenários para nosso incerto futuro. Saiba mais aqui

Gosta muito de ler, de computadores, internet, desenhos animados, séries (mas não as numéricas), filmes de ação e de aventura, ama o seu quarto e é viciado em Pink Floyd, mas tem ouvido muita coisa ultimamente.

Não gosta de várias coisas, como por exemplo ter que repetir o que disse após um 'oi?' ou simplesmente perder um gol durante a educação física (isso não existe mais, enfim). Em tempos de universidade, não gosta de ter que dedicar tanto a teoria matemática e perceber que toda sua criatividade e tempo livre cada vez são menores. Também não gosta de ter que lembrar o que não gosta.

siga este caminho

nostálgico passado

li, gostei, recomendo

feed - sirva-se

outros

Powered by Blogger

Image 

hosted by Photobucket.com

BlogBlogs.Com.Br