du Contra: Blog, pra quê? - parte 1

domingo, 13 de novembro de 2005

Blog, pra quê? - parte 1

Sábado, três da madrugada, sem sono, nada para fazer (e gripado!). Fora o fato de que estou sem nenhum post pronto, e já faz um tempinho que não posto nada. Saco, mas isso que estou falando é ridículo, vai contra meus princípios.

Sempre abominei as pessoas que criam blogs e flogs para, menos de um mês depois, começarem a reclamar que estão sem foto, post, e pedindo desculpas aos leitores pela demora das atualizações. Ninguém quer saber disso! Se é pra reclamar que não gosta mais do blog, não serve pra isso, não gosta disso, não tenha um blog oras...

Neste momento que me vem em mente o seguinte: porque ter um blog? Posso responder tendo como base diversos pontos de vistas, mas vamos começar pelos motivos que não tiveram influências na hora da minha escolha de ter um.

Popularidade virtual: pessoas criam blogs com uma tentativa, muitas vezes sem sucesso, de serem populares, o que significa serem conhecidas por algumas pessoas desconhecidas, ou ter uma comunidade no orkut feita só pra você (ok, isso não significa mais ser popular, qualquer um tem uma), e é aí que entra as toneladas de blogs sem conteúdo, contando histórias que, acredite, nem o próprio autor gostaria de saber, usando aqueles dialetos quase que indecifráveis da lingua do xou-axim-miguxa.

Popularidade na real: ao mesmo tempo, tem as pessoas que acham que criar um blog vai trazer alguma popularidade na real life, talvez pensam que é um símbolo de status.

É moda: - Por que você fez um blog?
- Não sei, todo mundo tem, ué.

Diálogo que já presenciei algumas vezes, no caso, eu que fazia a pergunta. Esse deve ser um dos maiores motivos, não ter um motivo, e fazer algo para não ficar de fora. Imagina a situação de alguém perguntando se você tem blog/flog, e você dizendo que não? Sem chance.

Continua no próximo capítulo, com os outros prováveis motivos.

Obs.: 3:40 da manhã ainda não tinha terminado o post, foi bom porque assim deu sono.

postado por Zeca Daidone - 15:17 -

8 Comentários:

Anonymous tonto:

Por isso q n tenhu blog

novembro 13, 2005 3:24 PM

 
Anonymous Pascon:

eu acho o mesmo sobre flog
por isso terminei com o meu ontem
se quiser checar
www.fotolog.net/pascon
xD

novembro 13, 2005 3:41 PM

 
Anonymous lys:

eu tenho um blog. o ruim que eu deleto ele todo mês. eu tenho umas crises de existencia e pronto, deleto blog, orkut, tudo. pra depois de dois dias, ficar fazendo tudo denovo. aliás, refiz meu blog ontem ^^ e não faço questão de sair por ai fazendo propaganda, acho q no maximo umas 7 pessoas sabem da existência dele. mesmo porq eu acredito q faço o blog pra mim. ele acabou mesmo virando um diárinho, e eu só falo da minha vida... como em tantos outros. e como eu mesma não gosto de sair por ai lendo o blog com a vida dos outros, não obrigo ninguém a ler o meu. flog, então... eu e mais duas pessoas tem o endereço e atualizações são raras.

nha, mas acho que já falei demais tbm. =]

novembro 14, 2005 11:45 AM

 
Blogger Cluster:

hehe.. pois é lys, no proximo post q vo faze sobre isso, vo fala dos diarinhos, de fazer o blog só pra vc (tbm penso assim!), e talz.. :P

tbm n obrigo ng a ler, mas pow.. eu acho legal q leiam, mesmo q nao gostem =)

novembro 14, 2005 3:10 PM

 
Anonymous marco:

mto bom senhor cluster....mas de todos esses tipos de blog, o seu se encaixa em algum deles!?!??! isso vc naum disse hein!?!??! hauhauha flww

novembro 14, 2005 3:31 PM

 
Anonymous Morci:

Eu tenhu um blog pq gosto de mostrar oq eu gosto...hehe

fw...comenta lá no meu tb

novembro 14, 2005 3:44 PM

 
Blogger Cluster:

o meu me encaixa no... próximo post :X

novembro 15, 2005 2:50 PM

 
Blogger r.v.c.:

Gostei! ! !

Espero ansioso as próximas partes deste assunto!
Bom, criei o meu blog há pouco tempo e minha intenção é diferente pelo menos das que você colocou até aqui . . . aguardo!

ABRAÇOS

novembro 16, 2005 12:14 AM

 

Postar um comentário

<< Home

o que era pra ser?

Blog feito para expressar opiniões que eram para ir contra a maioria da sociedade, mas acabam sem expressividade e não expressam nada com expressão mesmo. Então o objetivo é propagar informações e/ou qualquer coisa que talvez não sejam muito informativas, mas o principal e quem sabe até real motivo é servir como uma válvula de escape de uma criatividade extremamente fértil, que infelizmente de vez em quando não é bem direcionada. Por enquanto.

quem acho que sou?

cluster / josé a. daidone neto

Estudante de Engenharia de Computação na UFSCar, 22 anos de idade, inquieto quando era para ficar quieto e quieto quando era para inquietar-se, tenta estar animado mesmo diante dos piores cenários para nosso incerto futuro. Saiba mais aqui

Gosta muito de ler, de computadores, internet, desenhos animados, séries (mas não as numéricas), filmes de ação e de aventura, ama o seu quarto e é viciado em Pink Floyd, mas tem ouvido muita coisa ultimamente.

Não gosta de várias coisas, como por exemplo ter que repetir o que disse após um 'oi?' ou simplesmente perder um gol durante a educação física (isso não existe mais, enfim). Em tempos de universidade, não gosta de ter que dedicar tanto a teoria matemática e perceber que toda sua criatividade e tempo livre cada vez são menores. Também não gosta de ter que lembrar o que não gosta.

siga este caminho

nostálgico passado

li, gostei, recomendo

feed - sirva-se

outros

Powered by Blogger

Image 

hosted by Photobucket.com

BlogBlogs.Com.Br