du Contra: Coming back to life

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007

Coming back to life

Em janeiro, minha vida se resumiu a uma mescla de vida nerd com balada. Eu estranhei, e muito. Inclusive, meus amigos também estranharam. E só não posso ser chamado de vagabundo devido a maratona de vestibular que enfrentei no caminho.

Ia dormir enquanto estava amanhecendo, acordava enquanto estava anoitecendo. Ficava no computador até pegar no sono e dormir novamente. Uma ou duas vezes por semana saía com amigos para alguma "baladinha zuada" daqui de Bragança. Enfim, a parte do dormir tarde e acordar tarde já fazia parte da minha vida nerd de férias, mas a parte das pseudo baladas foi uma grande novidade.

Nesse meio tempo, eu pensei seriamente em desistir do blog, já que não estava mais postando e cheguei até a esquecer que ele existia. Mas não vou fazer isso, uma hora ou outra eu posto alguma coisa. Ou sempre, talvez.

Voltando ao assunto dos vestibulares. Segunda fase da UNICAMP foi bem como eu esperava, questões fáceis, médias e difíceis. Pra passar em um curso concorrido (como Engenharia da Computação, que tô prestando), precisa saber tudo de todas as matérias, além de dominar as específicas (física e matemática). Nada que alguns anos de cursinho não seja o suficiente.

UNIFEI foi complicado. Apesar da concorrência bem menor, as provas dissertativas de física e matemática estavam CABULOSAS! Juro que tinha coisa que nunca nem aprendi na escola... O resultado já saiu, eu fiquei em 103° na lista de espera. Impossível de passar, mas fui beeeeeem melhor do que imaginava! Ano que vem, tirando uns pontinhos a mais, tenho esperança de entrar.

Resultado da UNICAMP sai dia 6, mas não tenho nenhuma espectativa, apesar de achar que fui bem, errei umas coisas que fizeram eu perder a vaga, com certeza.

Esse ano vai ser bastante diferente na minha vida, vai mudar muitas coisas. Menos do que se fosse estudar fora, mas só de ter realmente que estudar pra valer, talvez trabalhar, ter carteira de motorista, não ter aula com 90% dos meus amigos, já vou sentir muito.

Enfim, tenho alguns posts em mente que espero finalmente concluir, mesmo que seja só pra ficar eternizado na minha história e memória digital.

E esse foi o primeiro post do ano, um post diarinho, zuado esquisito pra caramba burro, onde só falei coisas que não interessam a ninguém. Mas e daí? Precisava começar por algum lugar.

postado por Zeca Daidone - 23:50 -

4 Comentários:

Anonymous tina oiticica harris:

Um blogueiro que se preze só quer saber de despejar o que quer escrever. Se for ligar para o que as pessoas vão achar não vai escrever nada.

Seria bom você escrever sempre para melhorar seu domínio do português. Foi interessante para mim ver como mudou o vestibular. E a esperança é a última que morre. Amanhã ponho uma galinha na esquina com velas e pipoca, que tal?

Beijos

fevereiro 03, 2007 4:02 AM

 
Anonymous mirella:

até q fim neh..
não aguentava mais passar porraqui e num ter nada pra ler...
não c deixe levar pelas pessoas ou o q elas vão achar.. q morram tds!
c importe com vc e com q vc qr escrever.. nossa função eh ler!
bjokas.. saudades!!!
e sorte na Unicamp
ass: não mi...rela!

fevereiro 03, 2007 6:25 PM

 
Blogger Cluster:

huaihuehAIUHAIEU
Tina, seria ótimo! :P

Mirella!!!

Que saudades... bom saber que você ainda lembra de mim!! =D

Obrigadãããão...

Beijosssss

fevereiro 03, 2007 9:23 PM

 
Anonymous lews:

Maratona de vestibulares??? vc prestou 3 facu soh... fez 8 dias de prova... isso nao eh maratona!! =PP

ano q vem vai ser uns 20 dias. dai vc vai ver o q eh maratona! xD

=**

fevereiro 04, 2007 9:29 PM

 

Postar um comentário

<< Home

o que era pra ser?

Blog feito para expressar opiniões que eram para ir contra a maioria da sociedade, mas acabam sem expressividade e não expressam nada com expressão mesmo. Então o objetivo é propagar informações e/ou qualquer coisa que talvez não sejam muito informativas, mas o principal e quem sabe até real motivo é servir como uma válvula de escape de uma criatividade extremamente fértil, que infelizmente de vez em quando não é bem direcionada. Por enquanto.

quem acho que sou?

cluster / josé a. daidone neto

Estudante de Engenharia de Computação na UFSCar, 22 anos de idade, inquieto quando era para ficar quieto e quieto quando era para inquietar-se, tenta estar animado mesmo diante dos piores cenários para nosso incerto futuro. Saiba mais aqui

Gosta muito de ler, de computadores, internet, desenhos animados, séries (mas não as numéricas), filmes de ação e de aventura, ama o seu quarto e é viciado em Pink Floyd, mas tem ouvido muita coisa ultimamente.

Não gosta de várias coisas, como por exemplo ter que repetir o que disse após um 'oi?' ou simplesmente perder um gol durante a educação física (isso não existe mais, enfim). Em tempos de universidade, não gosta de ter que dedicar tanto a teoria matemática e perceber que toda sua criatividade e tempo livre cada vez são menores. Também não gosta de ter que lembrar o que não gosta.

siga este caminho

nostálgico passado

li, gostei, recomendo

feed - sirva-se

outros

Powered by Blogger

Image 

hosted by Photobucket.com

BlogBlogs.Com.Br